Mergulhe


Dar o primeiro passo em direção a um trabalho pessoal nem sempre é uma tarefa fácil. Muitos são os medos, os preconceitos e as justificativas para não marcar a primeira consulta com um·a psi. Entre as diversas razões que dificultam essa tomada de decisão, encontra-se a dificuldade em reconhecer a necessidade de um acompanhamento profissional. 
Na maioria das vezes, você pensa que o que está acontecendo não é tão importante, que existem pessoas que vivem em situações muito mais difíceis, que vai passar ou melhorar com o tempo ou então que você pode cuidar disso sozinho·a ou com ajuda das pessoas presentes na sua vida.  
 
O apoio das pessoas que são importantes para você pode ser útil nesse processo, mas isso não substitui a intervenção de um·a profissional, assim como a presença deste·a não será eficaz sem um real engajamento da sua parte.  
Isso pode lhe parecer difícil, mas reconhecer e aceitar sua própria subjetividade é um dos objetivos do trabalho psicotérapeutico. Não comparar o seu sofrimento com o dos outros pode ser libertador, porque somos todos·as diferentes e reagimos como tal diante das adversidades da vida. 
Seu sofrimento é seu, é legítimo e merece ser acolhido. 
   
O·a psi não poderá resolver os seus problemas por você, ele·a não tem nem fórmula mágica e nem resposta pronta para tudo. O seu trabalho consiste, entre outras coisas, em oferecer-lhe um espaço de acolhimento sigiloso, com uma escuta benevolente, empática e sem julgamentos, a fim de disponibilizar um terreno apropriado para que você encontre suas respostas, alivie suas dores, entenda seus medos e possa ‘tornar-ser’.  

  

A relação de confiança ocupa um lugar central na psicanálise, bem como em todos os processos psicoterapéuticos. Mais importante do que a formação ou os anos de experiência do·a psi, é como você se sente com ele·a que será realmente útil em seu tratamento. Por isso, é muito importante sentir-se ouvido·a, acolhido·a e confiante, pois você lhe confiará coisas que ninguém sabe, às vezes nem mesmo você. 

  

Mas então como ter a certeza de que encontrou  o·a psi certo·a? Não há certeza até que você mergulhe nesse processo para tirar suas próprias conclusões. 
Por isso que eu te convido a vir me encontrar em uma primeira sessão, que não te comprometerá com nada mais do que ser ouvido·a com respeito e gentileza. 

  

 

“Só a experiência própria é capaz de tornar sábio o ser humano” – Sigmund Freud

Contato

Para mais informações ou para agendar uma sessão, você pode entrar em contato comigo por telefone (chamada, sms ou WhatsApp) ou por e-mail. 
Endereço:
59 Rue du Commandant Arnould 
33000 Bordeaux 

 

 

Numéro Siret:

893 824 342 00024

 

ADELI:

33 93 31 415